Pesquisar este blog

14.3.05

Resolução de problemas

A USP resolveu abrir um segundo campus na zona leste. Até aí, ótima idéia, mesmo que manchada pela ação do estado ao impedir a prefeitura de fazer coisa parecida. Afinal, a zona leste de São Paulo, se fosse uma cidade, seria a terceira maior do Brasil, e uma com todas as características e problemas crônicos dos municípios de periferia - muita gente e pouco emprego, estrutura de transportes pendular, infraestrutura inadequada, etc...

O que estraga é que, pelo estatuto da USP, são proibidos os cursos e matérias repetidos na mesma cidade. Ao invés de mudar a porra do estatuto, os responsáveis puxaram da cartola cursos esdrúxulos, e muitos com viés de "curso profissionalizante," o que é contraproducente se a idéia é fazer uma universidade na zona leste, não uma escola técnica apoiada pela USP. (E universidade implica status, mais do que o caráter da formação propriamente dita.)

Alguns dos cursos oferecidos : gestão de políticas públicas, sistemas de informação, lazer e turismo, tecnologia têxtil e da indumentária, ciência da atividade física.

Matérias : "sociedade, multiculturalismo e direitos", "ferramentas de informática," "cultura, comunicação e criatividade," "resolução de problemas."

Um comentário:

Andr? Kenji disse...

O pior foi que o Alckmin unidades novas de duas universidades estaduais(Unesp e Fatec)sem aumentar a verba de custeio delas, o que na prática não deu em nada, só piorou as coisas.