Pesquisar este blog

26.10.05

Apagão em Laranjeiras

Depois do tilte, o post sobre as usinas nucleares foi cortado pelo apagão.

Falando em apagão, alguém devia mencionar essa palavra pro Aldo Rebelo - é um caso de anglicismo (blecaute) que foi substituído por uma palavra nativa, sem que ninguém legislasse sobre isso. Hoje em dia, ouço a palavra blecaute principalmente no sentido 2. "cortinas completamente opacas, geralmente de material plástico e utilizadas em conjunto com outras cortinas de materiais mais nobres."

2 comentários:

Guilherme Lessa disse...

Como bem disse o Roberto Pompeu de Toledo, a palavra apagão vem do espanhol "apagón". O "blackout" permaneceu apenas na época da II Guerra, quando - segundo ele - se faziam simulações do tipo até em Copacabana.

Dou meu testemunho de que realmente a primeira vez que ouvi essa coisa de "apagón" foi quando a Argentina estava passando por esse problema, no final dos anos 80 e início dos 90. Não havia aqui a tradução desta palavra, que me lembre.

Com muita propriedade, Roberto Pompeu comentou que se apagão fosse coisa de primeiro mundo, o anglicismo "blackout" triunfaria, mas como não é, pegamos emprestado de um vizinho igualmente subdesenvolvido e adaptamos ao português, corroborando nosso complexo de inferioridade, hehehe.

Roberto Imbuzeiro Moraes Felinto de Oliveira disse...

Não faço idéia de quantos leitores habituais você tem, mas se eram x, agora são x+1. Já tinha passado por aqui algumas vezes e resolvi botá-lo na minha lista de links.

Um abraço,

Roberto (é, aquele do Orkut)