Pesquisar este blog

19.2.08

Weltanschauung

A campanha eleitoral de 2008 começou com a campanha moralista da grande imprensa contra as despesas do governo. Algo atrasados, parece que os jornalistas da Folha e companhia descobriram o Portal da Transparência, e estão pouco a pouco publicando ele inteiro.

O poroberema aí é que, misturando a ânsia por escândalos e a tradicional demonização dos funcionários públicos, esses veículos estão indo muito além de denunciar verdadeiros abusos - o que, mesmo que feito de maneira seletiva e politizada, seria cumprir seu papel jornalístico - e denunciando simplesmente o uso dos instrumentos em questão. Como se o simples fato do funcionário viajar a serviço, ou se utilizar do cartão corporativo, fosse um erro. Isso é perigoso, tanto porque acaba com a capacidade do público de distinguir os verdadeiros abusos quanto porque resulta em reações nocivas dos governantes, como a do Serra, de jogar fora o sofá.

Não custa lembrar novamente: cartões corporativos e diárias são dos gastos mais transparentes do governo, acessíveis, em sua maioria, integralmente a qualquer cidadão. Em si, são uma coisa boa, não um crime, e eventuais abusos não mudam isso.


*****************



O governo do estado de São Paulo acaba de anunciar um trem turístico ligando a Estação da Luz, no centro de São Paulo, a Jundiaí.

Combinado com os trens-bala já anunciados, mais os trens de subúrbio virando "metrô de superfícies," e já que a Luz é bem pequena pr'uma estação ferroviária (tem exatamente três plataformas), a conclusão é inevitável: conseguiram revogar o axioma de Lavoisier, e enfiar diversos corpos no mesmo lugar no espaço.

Aliás, mesmo que a Luz tivesse espaço pro trem-bala, não seria uma idéia melhor, se o negócio é competir com a ponte aérea, não enfiar o pessoal no meio do movimento da hora do rush do metrô? Digamos, com uma estação nova, ou de superfície/aérea nas cercanias da Luz ou subterrânea próxima ao Centro? (Ou mesmo mais ao sul, perto da Paulista - há áreas demolíveis na Nove de Julho.)

2 comentários:

G disse...

Quero saber é quando o Prefeito Maluquinho vai enfrentar a máfia dos ônibus e dar um jeito no transporte público do Rio.

D disse...

Quero saber é quando o Prefeito Maluquinho vai enfrentar a máfia dos ônibus e dar um jeito no transporte público do Rio.