Pesquisar este blog

5.9.08

Jandirão! Jandirão! Jandirão!

Jandira Feghali foi a única a criar a "saia justa," nas palavras do próprio Grobo, e mencionar que as favelas não são as únicas ocupações irregulares do Rio de Janeiro. Em contraste, Gabeira falou de aliança com o Sinduscom, que era justamente o órgão que, por meio de uma de suas afiliadas, patrocinava a banca onde todo mundo falava de expulsar pobres de suas casas pra abrir terreno à especulação imobiliária.

Assustador foi ler a página de comentários:

02/09/2008 - 11h 55m

A palavra chave é ERRADICAR ocupações ilegais, e transferir os moradores para conjuntos habitacionais que os próprios moradores ajudarão a construir em regime de mutirão. Se houve mão de obra, habilidade e dispopsição para construir em cima de morros, encostas íngrimes em desafio às forças da Lei e da Natureza, creio que será tarefa fácil. Falta coragem e vontade política, ou então querem manter como está para ober vantagens sobre a miséria alheia.



02/09/2008 - 11h 54m

Só existe um jeito de conter o crescimento, sem demagogia ou hipocrisia:
1) ENCERRAR O BOLSA FAMILIA
2) ENCERRAR TODO TIPO DE BOLSA PRA FAVELADO
3) COM O DINHEIRO QUE VAI VIR DAÍ, OFERECER 2 MIL REAIS A CADA UMA DESSAS PARIDORAS PRA LACRAR AS TROMPAS.


Ah sim, as minhas sugestões para "o problema das favelas" :

- Urbanização, com compensação adequada para casas que estejam em áreas de risco ou onde serão construídas ruas e praças.
- Melhoria das condições de transporte de massas de longa distância. Leia-se trens da Central, via convênio com Estado e Supervia, e integração aos ônibus.
- Utilização de terrenos hoje pertencentes ao governo, nos três níveis, para criação de habitação popular e áreas verdes. Há mais de 6Km2 de terreno disponível.
- Criação de parques onde hoje são o campo de Gericinó e a refinaria de Manguinhos.
- Integração da Maré com a ilha do Fundão e o novo Parque Manguinhos, gerando uma área verde que atenda a zona da Leopoldina inteira.
- Criação de ciclovias e sistema de bicicletas públicas semelhante ao Vélib parisiense, começando pela Zona Oeste e perto das estações de trem.
- Aumento dos salários de professores municipais em zonas consideradas de risco.
- Aumento da progressividade do IPTU, e IPTU punitivo para imóveis desocupados.
- Isenção de impostos municipais sobre a venda de cal viva.

2 comentários:

Renata Lins disse...

Tá bacana. Só li agora, p excesso de abas + dispersão do dia. Deve ser o vento.
Agora, vc viu o que eles fizeram com sua proposta do Vélib, né... tem jeito não... tem que mudar o jeito de fazer. Senão tamos ferrados.

Tiago de Thuin disse...

Vi não, o que houve? Quando tive aí parecia funcionar direitinho.